‘Puro Ney’ traz 24 músicas do repertório de Ney Matogrosso

0

Link Patrocinado

Nas vozes e nas atuações de Soraya Ravenle e Marcos Sacramento pela estreia hoje na Gávea

Rio – É hora de revisitar. Ney Matogrosso volta aos tempos dos Secos & Molhados ao lado da Nação Zumbi no Rock In Rio e ganha agora um musical, ‘Puro Ney’, que estreia hoje no Teatro dos Quatro, no Shopping da Gávea. A peça tem direção geral, roteiros, arranjo e direção musical de Luís Filipe de Lima, traz Soraya Ravenle e Marcos Sacramento cantando e atuando (acompanhados por banda) e faz um mergulho em 24 músicas importantes da obra de Ney.

Não há chance de que role apenas um mero cover de Ney – Soraya faz questão de dizer que o desafio foi dar uma cara própria ao trabalho, que inclui canções clássicas como ‘Homem com H’, ‘O Vira’, ‘Vereda Tropical’, ‘Bandoleiro’, ‘Balada do Louco’.

“Olha, quando o Luiz me chamou eu fiquei assustada, sabe? Cheguei a falar: ‘Nossa, por que você me convidou?’”, brinca a atriz e cantora, que já incorporou uma iniciante Carmen Miranda no musical ‘South American Way’. “Fazer qualquer coisa com a obra do Ney é brincar com fogo. Mas eu e o Marcos temos nossa assinatura. Vamos trazer o repertório para a gente. Homenageio o Ney, mas é o que cabe na minha voz”.

A peça não tem um enredo formal. Cada música é um quadro diferente dentro do todo. “Como se fossem cenas independentes”, conta Soraya.

IDENTIDADE

O mergulho da turma foi também na história e nas entrevistas de Ney. Da pesquisa, Luís Filipe surgiu com uma peça de cinco blocos. “No primeiro, buscamos resumir a identidade artística do Ney, o que ele traz para a gente. É um resumo de toda a trajetória. No segundo, temos um lado mais latino.

No terceiro, músicas que têm um viés mais existencialista, como ‘Rosa de Hiroshima’. Depois, um bloco com duas músicas da Carmen Miranda que ele regravou, e fechando, músicas que falam de amor e sexo, como ‘Amor Objeto’, ‘Homem com H’”, divide o diretor, avisando que as músicas escolhidas são alguns dos maiores hits de Ney, desde a época dos Secos & Molhados. “A exceção é ‘O Homem de Neanderthal’, que aparece no primeiro bloco. Pegamos em grande parte músicas que sabemos que o Ney lançou”….

Continue lendo em: http://odia.ig.com.br/diversao/2018-08-22/puro-ney-traz-24-musicas-do-repertorio-de-ney-matogrosso.html


Link Patrocinado




Compartilhado.

Deixe um comentário